Lucas Nogueira Garcez

Paulistano, nascido em 9 de dezembro de 1913, formou-se em engenharia civil pela Escola Politécnica de São Paulo em 1936, onde foi professor. Em 1946 recebe o título de professor doutor em Ciências Físicas e Matemáticas pela Escola Politécnica, e professor emérito em 1964, sendo o sexto doutor a receber essa honraria. Ganhou destaque profissional quando assumiu a superintendência da construção da hidrelétrica de Avanhandava (1940) e da Fábrica Nacional de Motores (1943). Em 1949 ocupa o cargo de Secretário de Estado de Viação e Obras Públicas, base para a sua eleição como governador do Estado.

Foi governador do estado de São Paulo, no período de 01/1951-01/1955. Em seu mandato criou o Departamento de Águas e Esgotos (DAEE), a USELPA (Usinas Hidrelétricas do Paranapanema), o Conselho Estadual de Higiene e Segurança do Trabalho, o Departamento de Assistência Médico-Hospitalar ao Servidor Público Estadual e o Fundo de Amparo ao Menor. Inaugurou as usinas hidrelétricas de Salto Grande, Limoeiro, Euclides da Cunha e Barra Bonita, os aeroportos de Congonhas e Viracopos e a realização das últimas obras da Via Anchieta. Depois de seu governo deu continuidade ao seu trabalho na universidade e em institutos de pesquisa. Em 1970 foi presidente da Aliança Renovadora Nacional (ARENA). Foi também diretor das Centrais Elétricas de São Paulo-CESP. hidrologia, em 1958 foi eleito membro da Academia Paulista de Letras. Faleceu em São Paulo no dia 11 de maio de 1982.
Fonte:
Lucas Nogueira Garcez. Disponível em: Wikipedia
O MEIO ambiente em 40 mil volumes: biblioteca Profº Dr. Lucas Nogueira Garcez. São Paulo: CETESB, 2005.